Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Óculos escuros

Hoje me perguntaram por que, o tempo todo, uso óculos escuros. Fazia tempo que não respondia a essa pergunta. Tanto que, por um instante pensei em falar a verdade, mas logo me lembrei do desgaste que seria confessar, explicar, esclarecer, e apenas disse: tenho muita sensibilidade nos olhos, é um problema clínico. Meio decrépito, o porteiro novato, que me viu de dia e de noite passar na guarita com óculos na cara, se deu por satisfeito, murmurou algum lamento. Mas isso me deixou pensando, afinal.
Meus óculos eram como a máscara que qualquer pessoa normal usa para conviver em paz. No meio do mato, na natureza selvagem, eu não usaria esses óculos, que deixam meu nariz marcado e dificultam enxergar à noite, mas com a necessidade de estar com as pessoas sem desapontá-las, o jeito era usar. Vivendo aqui no Recife ou em qualquer cidade do Mundo, eu não me contentaria com uma máscara imaginária, de achar que bons modos apenas domariam meus instintos.
Era necessário que a máscara fosse simbólica…

Últimas postagens

Fogos-fátuos

O abraço da serpente

Não nos fale o óbvio

Concurso de vitrines

Imagem do amor que sentimos

Luz e escuridão

Detrás dos olhos atônitos

Sequestro à meia-noite

A sangue frio: tragédias cotidianas

Um objeto no meio do caos: o dinheiro